Reconhecendo o clima e a cultura organizacional da sua empresa

Reconhecendo o clima e a cultura organizacional da sua empresa

Talvez você já deva ter ouvido falar sobre “clima organizacional e cultura organizacional”, mas você consegue identificá-lo? Se você possui uma empresa, seja ela recente ou não (de qualquer segmento) é seu dever saber mais sobre essas palavras. A cultura e o clima estão presentes dentro de toda organização, elas são explícitas e ocultas consecutivamente. Se você é funcionário também deve saber em que tipo de cultura está inserido, mas se ainda não conseguiu identificar, esse texto vai te ajudar.

A cultura organizacional ou cultura corporativa é, resumidamente, o modo de vida das organizações. Ela é visível para as pessoas que exercem alguma atividade na empresa e para pessoas que não fazem parte da mesma, como os Stakeholders (grupo de pessoas com interesse em comum com a organização). A cultura é mutável e com o passar do tempo se transforma conforme as mudanças da sociedade.

A cultura organizacional é formada com um conjunto de hábitos, crenças e valores que a empresa pratica. A forma de interação e relacionamento com as pessoas também faz parte, assim como as celebrações de fim de ano e congratulações. A forma com que a empresa lida com causas sociais também faz parte como, por exemplo, o marketing verde.

Já o clima organizacional não pode ser visto ou tocado, mas pode ser percebido psicologicamente, se resume aos aspectos internos da organização. É o que as pessoas pensam e sentem a respeito de diversas situações que acontecem ambiente de trabalho e levam a diferentes reações e motivações.

Tudo isso influencia o comportamento dos funcionários, lembrando que, cada uma possui uma atmosfera psicológica e características diferentes de percepção. A qualidade do trabalho bem como o esforço e desempenhos dos colaboradores são resultados do clima organizacional. Os rumores, fofocas, apatia e falta de cooperação são ações negativas que deixam o clima ruim.

Cada organização possui um clima e cultura. Para implantar um inexistente ou alterar um que já exista basta manter a relação de comunicação com os colaboradores. Ouvir e ser ouvido são fatores importantes para saber o que está passando naquele momento, tornando mais fácil resolver os problemas e deixar claro um objetivo ser conquistado e o caminho a ser seguido por todos ali inseridos.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *